Home / Calendário

A maturidade que o Tênis traz para a vida

Ser um tenista profissional requer maturidade para escolhas que devem ser feitas quando ainda somos muito jovens. Querer estudar fora do país, moldado por um ensino completamente diferente e praticando seu esporte preferido, não requer só maturidade. Requer muita paixão e força de vontade. A idéia de disputar os maiores torneios de tênis do mundo encanta, mas o caminho é árduo. Engana-se quem acredita que o mérito de uma vitória foi um ato de sorte ou demérito do oponente. O caminho envolve uma série de abdicações, empenho, dor, trabalho constante, entre muitos outros predicados que serviram de sustentáculo para aquela glória. Todos nós temos certa resistência em receber um “não” e, durante o processo de formação de jovens atletas, muitos “nãos” são levados em conta.  É preciso muita disciplina, resiliência, ouvidos atentos e olhos afiados. A vontade de estudar, ser independente e lutar pelo o que ama sempre ajudará nos momentos difíceis e diante de pensamentos desafiadores. Acreditar em você é o primeiro passo para conquistar seus sonhos.

Nada que é valoroso vem de maneira fácil, podendo uma escolha inteligente direcionar pessoas ao caminho da realização pessoal e profissional. Importante ressaltar que realização profissional sem realização pessoal, a médio prazo, tende a não ser efetiva, e vice-versa. A afinidade de realização precisa ser trabalhada desde cedo, como uma semente que, no dia a dia, cresce e vai “dando as caras” do que virá a ser, sobretudo os frutos que oferecerá. Errar faz parte de qualquer aprendizado, é importante sabermos lidar com frustrações, medos e, mais ainda, saber superá-los. 

Nós buscamos caminhos para uma construção interna que nos  transformará desde cedo frente a um mundo altamente competitivo e, algumas vezes, hostil. A decisão de um jovem dedicar-se ao alto rendimento do tênis em busca do tênis universitário e talvez tornar-se um tenista profissional. em busca do exige uma mudança completa de rotina e de vida. Para tal mudança é preciso significativas doses de empenho, vontade, organização, regras e muita disciplina. É deveras importante ter a consciência de que essa mudança, quando empregada no início da juventude, tende a nos preparar de maneira mais robusta para os desafios da vida e como enfrentaremos situações futuras. Não é espantoso constatar que há concorrência ferrenha em quase tudo que envolve o nosso cotidiano, seja no mercado de trabalho, boas universidades, restaurantes premiados, lugares privilegiados numa plateia, até mesmo na areia da praia ou num estacionamento. Se o jovem aceita a transformação, é porque a paixão pulsante pelo tênis encoraja-o a viver tudo isso.

É importante atentar-se que, através do tênis, uma trajetória será conduzida a caminhos de relevantes valores diante da reunião de estímulos interligados que darão forma a um campeão, no tênis universitário, de uma carreira profissional, de uma família estruturada, mas, o mais importante, sempre feliz. E, ao se ver envolvido nesta construção pessoal e convivendo neste universo, será notória a constatação de que o jovem já estará realizando seu sonho diariamente. Um ensinamento que eu posso compartilhar com toda propriedade é: o tênis, aliado aos estudos, transforma!